7.05.2006

Opa, peraí, não sobrou pra mim?

Sabe lá o que os pessoas querem realmente da vida...
Buscamos a diplomacia, na maioria de nossas atitudes. Pergunto-me constantemente se esta atitude moralmente plausível, pode fazer com que a nossa alma palmilhe satisfeita pelos labirintos da vida. Em minhas vivências tenho experimentado muitos sentimentos intensos, desde tatear as trevas da raiva até o engasgar com alegrias febris. Porém, a incerteza em relação à minha recuperação, depois dos tombos que vêm com os novos solavancos que levo da vida, me obrigam a encolher as idéias fixas. E repensá-las todas outra vez...
Os cigarros, veja que ironia, também me ajudam a pensar. Suprem talvez, o beijo que não me queiram dar ou aqueles que eu não posso oferecer. A diplomacia vem reluzente em sua armadura de prata, sobre o seu cavalo de duras patas fincadas no chão seguro, ofertando o seu sorriso amarelo gratuito, um amarelo gasto.
E é assim que eu me sinto, fazendo um super saldão de sorrisos, sorrisos de segunda linha, tipo réplicas nas quais se costura a etiqueta do original. Estes presentes de segunda linha são mais onerosos do que se pensa, preferimos eles mesmo que tenhamos acesso aos originais.
Uma gargalhada incandescente, espontânea, sadia? Poucos conseguem retirá-la dos escombros que trago no peito.
O que isso tem a ver com mudez? Amordaçamos nossos desejos mais profundos, emudecemos a voz de nossa essência, calamos o estardalhaço de nossos conflitos interiores, censuramos as delícias e o prazer sagrado de nossas alegrias. Esperamos então receber o tão suado salário de nossos próximos, que revelam-se escravocratas de nosso comportamento serviçal?? Talvez soasse muito chula a expressão "Pé-na-Bunda", por isso prefiro omitir as recompensas que costuma-se receber, quando se quer agradar as pessoas contariando a si mesmo.

6 comentários:

Anônimo disse...

Você escreve muito bem.
Não creio que tenha conseguido captar exatamente o sentimento do texto, mas consegui ter uma idéia.

Espero que consiga dar uma gargalhada novamente, como nos tempos do Virgem.

beijos,
A.A.

Pildz!! disse...

Praticamente uma "Nelson Rodrigues"

Anônimo disse...

Vou comentar nesse tbm neh.... senaum vc me coloca de castigo...hehehe


To perdoado neh????


bjs linda.....

mozart disse...

Ops...fui eu aih em cima viu.....esqueci de colocar u nome...hehhe

Anônimo disse...

Here are some links that I believe will be interested

Anônimo disse...

I really enjoyed looking at your site, I found it very helpful indeed, keep up the good work.
»