7.07.2006

Sendo reticências..

Olha só que ironia, eu que tão pouco tempo escrevi sobre estar cansada de ser reticências, me vejo sendo novamente...
Não consigo traduzir muitas linhas, por enquanto, que não falem de sentimento e de conflitos internos e externos.
Tentar entender o ser humano, suas atitudes e suas faltas, está longe de mim. Mas eu me indago diversas vezes, procuro por inumeras vezes explicações plausiveis que meu intimo não trará. Reluto em ouvir a voz da verdade, às vezes doi menos se enganar - pelo menos temporariamente.
Existem sempre dois caminhos a serem seguidos, e eu escolho sempre o errado. Talvez porque o brinquedo proibido sempre é mais gostoso de ser mexido. O sinal vermelho, por diversas vezes é ultrapassado pela sensação de perigo. Não sou nenhum kamikase, mas até pareço ser, alias, quem nunca se sentiu assim?
Sem parecer tola, queria somente ter o direito de ser feliz

2 comentários:

Thali disse...

Eu que tenho vergonha, porque o meu real sentimento acho que sempre será uma eterna ...
Vc escreve com a alma...Clarisse!
Beijossss

Anônimo disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»